.Recinto

Bem mais de meio milhão de peregrinos oriundos de Portugal e dos 4 cantos do globo assistiram à Missa Papal e à Canonização dos Pastorinhos de Fátima neste Centenário das Aparições

Cerimónia incluíu a leitura do Capítulo 12 do Livro do Apocalipse de S. João

Apareceu no céu um sinal extraordinário: uma mulher vestida do sol, com a lua debaixo dos seus pés e uma coroa de doze estrelas sobre a cabeça.

Ela estava grávida e gritava de dor, pois estava para dar à luz.

Então apareceu no céu outro sinal: um enorme dragão de fogo com sete cabeças e dez chifres, tendo sobre as cabeças sete coroas.

Sua cauda arrastou consigo um terço das estrelas do céu, lançando-as na terra. O dragão pôs-se diante da mulher que estava para dar à luz, para devorar o seu filho no momento em que nascesse.

Ela deu à luz um filho, um homem, que governará todas as nações com cetro de ferro. Seu filho foi arrebatado para junto de Deus e de seu trono.

A mulher fugiu para o deserto, para um lugar que lhe havia sido preparado por Deus, para que ali a sustentassem durante mil duzentos e sessenta dias.